top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Ímola: O palco que marcará o início de um retorno da Mercedes ao topo?

Atualizado: 4 de mai. de 2023

Situada na região da Emilia-Romagna, a comuna poderá ser o ponto crucial para a virada de chave da equipe alemã. É lá que começarão a chegar as atualizações que vão de encontro à transformação completa do W14.


Por: Anne Aguiar, Setorista.


Foto: Divulgação/Mercedes AMG F1

Mesmo antes da temporada começar, a escuderia já estava ciente de que a escolha de seguir com um modelo semelhante ao antecessor atrairia problemas. A partir daí, Brackley começou a incansável luta para encontrar soluções viáveis que pudessem resolver os contratempos atuais de acordo com as possibilidades. Dessa forma, por mais que o time vise entregar o máximo de downforce possível, James Allison - diretor técnico - ressalta a importância de um novo assoalho e uma nova suspensão dianteira revisada que “ajudará no equilíbrio geral do carro para torná-lo mais pilotável" como primeiro foco já que uma das grandes queixas é, justamente, a falta de dirigibilidade citada principalmente por Lewis Hamilton.


Dessa maneira, eles conseguirão trabalhar os pontos que afligem a dupla mercedista com mais clareza e calma entendendo também que, de acordo com o teto de gastos imposto pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), as atualizações podem perdurar para além deste ano impactando na transição do atual conceito para o novo. Além disso, deve ser levada em conta a necessidade de revisões mais profundas em determinadas áreas.


Sendo assim, Toto Wolff - o chefe da equipe - comentou a importância de ter os pés no chão antes de criar grandes expectativas reafirmando que a evolução não ocorrerá da noite para o dia.


"O objetivo é Ímola, só que é preciso gerenciar as expectativas porque estamos falando tanto sobre a atualização que, quando colocarmos na pista, muitos vão achar que estaremos correndo contra a Red Bull. Não é o caso, mas acho que será um bom ponto de partida."

A Mercedes ainda não conseguiu se reerguer totalmente desde a dramática temporada de 2022 e atualmente ocupa o terceiro lugar no Campeonato de Construtores com apenas alguns pontos de diferença para a Aston Martin e Ferrari - seus rivais diretos - enquanto observa uma Red Bull avassaladora se distanciando cada vez mais na liderança.


Todavia, o time segue tentando se encontrar ainda nesta temporada com avanços ao longo das etapas que serão fundamentais no caminho de volta à posição mais alta do pódio.


Comentarios


bottom of page