top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Alpine viveu fim de semana difícil em Baku

Com falhas e abandonos, o A523 teve um desempenho longe do esperado.


Por: Carla Zapelini, Setorista.


Foto: Divulgação/BWT Alpine F1 Team

No primeiro e único treino livre no Azerbaijão, Pierre Gasly sofreu com a perda de pressão hidráulica ocasionando fogo e o abandono do francês. Ainda no final da primeira sessão, a equipe identificou um defeito na asa traseira do monoposto de Esteban Ocon, mas não revelou qual era o problema e garantiu analisar o empecilho antes da classificação.


Durante o Qualifying, o número 10 do time bateu na curva 3 - mesmo ponto onde minutos antes Nyck De Vries da AlphaTauri havia sofrido o mesmo incidente. Além de causar outra bandeira vermelha, Gasly passou por mais um abandono tendo que largar da 19° posição no domingo. Enquanto isso, seu companheiro se classificou em 12° lugar.


“Não foi um bom dia para nós. Obviamente, tivemos alguns problemas de confiabilidade no Treino Livre 1, o que não nos deu muito tempo para a classificação. Tentamos nos recuperar de nossos problemas de treinos na classificação e, no final, não foi o suficiente para chegar ao Q3", resumiu Esteban.

“No momento aqui em Baku, está claro que precisamos melhorar as áreas em que estamos lutando pelo ritmo. Vamos rever onde podemos melhorar e, como sempre, vamos dar o nosso melhor para sair com pontos amanhã e domingo”, finalizou Ocon.

No domingo, Esteban largou do pitlane e, numa corrida de recuperação, conseguiu alcançar o 9° lugar. Contudo, na última volta ele teve que evitar uma punição e fez o pit stop obrigatório, pois o regulamento exige que você utilize ao menos dois tipos diferentes de pneus ao longo da prova. Com isso, o piloto caiu para 15°. Ademais, entrando nos boxes o francês quase atropelou fotógrafos que já estavam invadindo o local para capturar os momentos finais do GP após terem sido liberados antes de tempo pela FIA.


Por outro lado, Gasly teve um péssimo desempenho durante todo o fim de semana em Baku e se manteve em 19° durante uma boa parte da corrida, conseguindo alcançar novas posições somente no fim da prova e terminando em 14° lugar à frente de seu companheiro de Alpine. É importante lembrar que somente 18 carros terminaram a etapa.






Comentários


bottom of page