top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Com novos problemas no DRS, Red Bull utilizará Azerbaijão para testar solução

Na classificação do GP da Espanha, Max Verstappen teve sua volta final prejudicada pelo não-acionamento da asa móvel e, embora a equipe austríaca tenha sido rápida para consertar a falha antes da corrida, o problema voltou aparecer no GP. Contudo, mesmo que os engenheiros da Red Bull tenham trabalhado para que a situação não se repetisse em Mônaco e que tudo indique que deu certo, Paul Monaghan - engenheiro-chefe da RBR - disse que Azerbaijão será o "teste definitivo" para a solução achada.


Foto: Reprodução/ANP via Getty Images

Segundo Paul Monaghan, previamente ao GP disputado em Monte Carlo os engenheiros da equipe chefiada por Christian Horner deram tudo de si para resolver as falhas do DRS e aprenderam com o acontecido, na esperança de que a mudança feita seja permanente.


"Nosso problema de DRS foi auto-infligido e acho que, se for honesto, agora aprendemos nossas lições dolorosas. Acho que é um alívio após o trabalho feito por pessoas inteligentes, que fizeram pesquisas e checagens. Eles fizeram um trabalho fenomenal em um curto período de tempo. O desafio foi mudando de pista para pista, com mudanças de tempo, velocidade de abertura, condições. Estou confiante, mais feliz sobre o que aprendemos após a Espanha."

Porém, a diferença de velocidade que Mônaco e Baku apresentam será o teste final para saber se realmente o problema foi resolvido ou ainda há detalhes para melhorar e chegar ao rendimento esperado. Não podemos esquecer que o circuito no Azerbaijão tem a reta mais longa da categoria com 2,2 km e os carros devem atingir uns 350 km/h.


"Baku apresenta desafios levemente distintos. Em Mônaco sua velocidade é de 160 km/h, enquanto Baku é 300 km/h. Então não é apenas sobre o peso sobre a asa, é uma questão dele se levantar contra a carga aerodinâmica. Acho que seria idiotice nossa dependermos de nossos resultados, sabemos o que houve de errado, dependia apenas de nós consertar isso e até aqui estamos ok."

Comments


bottom of page