top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Com uma festa “laranja” nas arquibancadas, Max Verstappen faz a pole no GP da Holanda

O piloto, que corria no quintal de casa, fez uma volta excepcional na última parte do treino classificatório e vai largar da primeira fila amanhã.


Por: Júlia Arruda, Setorista.


Foto: Reprodução/UOL

Nem sinalizadores, nem pombos, nem rivais conseguiram parar o holandês Max Verstappen, que conquistou sua segunda pole position em casa neste sábado (03). O piloto não liderou nenhum dos treinos em Zandvoort, mas tirou um coelho da cartola na qualificação anotando 1m10s342 e superando a dupla da Ferrari, que ficou logo atrás.


O “Exército Laranja” - como são chamados os fãs de Verstappen- estavam em peso nas arquibancadas de Zandvoort, eufóricos com o desempenho de Max, que lidera com folga o campeonato. Com bonés, camisetas e bandeiras, a festa dos torcedores certamente motivou o piloto. O que não ajudou foram os sinalizadores jogados na pista, que interromperam o treino e causaram uma bandeira vermelha por alguns minutos.


Além dos sinalizadores, pombos que surgiram na beira da pista atrapalharam e assustaram os pilotos. As aves permaneceram ciscando e não se abalaram com os carros passando em alta velocidade. Só saíram de lá quando um dos marshalls do circuito entrou na pista e espantou os pombinhos, liberando o local.


Apesar de ter um sábado brilhante, Max não teve tranquilidade. Desde o Q1, foi ameaçado pela Ferrari e Mercedes, que disputavam com garra a pole. A Scuderia Italiana teve um bom desempenho com seus pilotos, que por muito pouco não roubaram o P1 de Verstappen. Leclerc vai dividir a primeira fila com o holandês amanhã, e precisará largar bem para não perder seu principal rival de vista. Já Sainz estará lado a lado com Lewis Hamilton, que representou muito bem a Mercedes e conquistou o quarto lugar. Para o W13, é um resultado muito positivo. George Russell teve sua volta rápida atrapalhada pela batida de Sergio Pérez no final do Q3 e precisou tirar o pé, ficando em sexto lugar.


Uma feliz surpresa do sábado foi Mick Schumacher, que passou para o Q3 e garantiu o oitavo lugar. O jovem piloto comemorou demais a conquista e dividirá a fila com Lando Norris. Como destaque negativo, ficam os pilotos Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo. O alemão estava com um bom tempo, mas sofreu com sujeira na pista e saiu do traçado na sua volta final, ficando no Q1. Já o australiano, que não vinha tendo resultados positivos na McLaren, não teve um bom final de semana e ficou em 18° na qualificação. Daniel está sem assento para a próxima temporada da F1, depois do anúncio de Oscar Piastri na McLaren em 2023.


Assim, o grid de largada ficou definido desta forma:


1) Max Verstappen (Red Bull)

2) Charles Leclerc (Ferrari)

3) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)

4) Lewis Hamilton (Mercedes)

5) Sergio Pérez (Red Bull)

6) George Russell (Mercedes)

7) Lando Norris (McLaren)

8) Mick Schumacher (Haas)

9) Yuki Tsunoda (AlphaTauri)

10) Lance Stroll (Aston Martin)

11) Pierre Gasly (AlphaTauri)

12) Esteban Ocon (Alpine)

13) Fernando Alonso (Alpine)

14) Zhou Guanyu (Alfa Romeo)

15) Alexander Albon (Williams)

16) Valtteri Bottas (Alfa Romeo)

17) Kevin Magnussen (Haas)

18) Daniel Ricciardo (McLaren)

19) Sebastian Vettel (Aston Martin)

20) Nicholas Latifi (Williams)








Comentários


bottom of page