top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Em Austin, Carlos Sainz conquistou a sua terceira pole no ano

No início da noite do último sábado (22), o piloto espanhol superou o seu companheiro de equipe e

cravou a pole nos Estados Unidos.


Por: Maria Eduarda Lima, Setorista.


Foto: Divulgação/Scuderia Ferrari

Houve uma dominância da Ferrari em todo o decorrer do qualifying. Após o fim dos 18 minutos da etapa inicial, Nicholas Latifi ficou na vigésima colocação e Mick Schumacher acabou rodando na sua última volta rápida, ficando em P19. Daniel Ricciardo e Esteban Ocon não tiveram muita sorte, conseguindo apenas a 17° e 18° colocações, respectivamente. Por outro lado, o dinamarquês Kevin Magnussen também não teve o seu melhor dia e ficou a 0,018s do décimo quinto colocado, não passando para o Q2.


Já na segunda parte da classificação, o japonês Yuki Tsunoda se classificou na décima quinta posição atrás de Guanyu Zhou - que perdeu posições devido a uma troca de componentes. Pierre não ficou muito contente com o seu P13, visto que acabou tendo problemas com a falta de desempenho na frenagem.


Sebastian Vettel ficou em P12, enquanto Alex Albon se consolidou na décima primeira colocação. Valtteri Bottas se classificou na décima posição e o bicampeão Fernando Alonso ficou com o P9, enquanto o britânico Lando Norris se garantiu na oitava colocação.


O canadense Lance Stroll mostrou que não estava para brincadeira e fez o sétimo melhor tempo na classificação. Já a dupla da Mercedes ficou com o P5 e P6, mas largou na segunda fila devido às punições sofridas por Sergio Pérez e Charles Leclerc. Pérez ficou com a quarta colocação, o monegasco com a segunda e o atual bicampeão da F1, Max Verstappen, ficou com o P3.


Em entrevista após o quali, Carlos comentou sobre a sua volta espetacular:


“Foi muito divertido. Foi muito complicado com esses ventos, é tão tempestuoso que cada curva é uma aventura com esses carros e você não sabe quanta aderência você terá ou quanta aderência esperar. Consegui fazer uma boa volta sem erros e reivindicar uma pole position que veio muito tempo depois de algumas qualificações no seco, chegando muito perto, mas não chegando lá.”

O espanhol completou falando sobre as suas expectativas para a corrida:


"Não vou mentir, pois amanhã a Red Bull ainda é a favorita. Eles normalmente nos colocam na corrida porque Max faz um bom trabalho e a Red Bull tem um carro muito bom em termos de corrida. Mas vamos fazer tudo o que pudermos para tentar ficar à frente amanhã e vencer a corrida."

Comments


bottom of page