top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Felipe Drugovich é confirmado como substituto caso Lance Stroll não se recupere a tempo

O brasileiro participou dos testes da pré-temporada substituindo o canadense.


Por: Stella Maris Rabelo, Setorista.


Foto: Reprodução/Conor Mcdonnell

Após ter que substituir de última hora Lance Stroll na pré-temporada, a Aston Martin confirmou neste domingo (26) que caso o piloto canadense não se recupere a tempo das suas lesões, Felipe Drugovich irá correr em seu lugar no GP do Bahrein.


Através de um comunicado divulgado no Twitter, a equipe inglesa disse que dará “todas as chances” para que Lance corra na abertura da temporada, o que sugere que essa decisão poderá ficar para última hora. Além disso, foi levantada uma pequena hipótese de que Stroll poderia participar na primeira sessão de treinos livres que ocorrem na sexta-feira (3), tendo a opção de sair caso se sinta desconfortável ou dolorido. Por isso, o canadense irá passar pelo simulador do time para que possa ser avaliada a sua condição física.


Após o seu excelente desempenho nos testes, o brasileiro foi muito elogiado por Mike Krack - chefe da Aston Martin - o qual destacou que Felipe fez um ótimo trabalho, apesar de nunca ter pilotado um carro de Fórmula 1, mantendo uma postura calma e reflexiva. Drugovich também recebeu um feedback positivo do seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, que disse que o jovem é um piloto talentoso e que se

adaptou muito bem nesta semana no Bahrein.


A Aston também reforçou que o brasileiro sempre foi a primeira opção para a corrida do Bahrein visto

que ele tem experiência nos testes desta semana. Contudo, outra possibilidade que ainda não foi descartada é o retorno de Sebastian Vettel - o qual se aposentou no fim da última temporada - na disputa do GP da Arábia Saudita. O tempo extra iria proporcionar ao alemão uma chance de se condicionar fisicamente e experimentar o AMR23 no simulador.


Especulações não faltam, mas se há um fato é que somente Felipe Drugovich tem o preparo necessário para correr no Bahrein nesta abertura de temporada. O jovem piloto conseguiu levar o AMR23 para o top 3 na

primeira sessão do último dia de treinos. Logo, é mais viável para a equipe inglesa contar com o preparo do brasileiro que, apesar da pouca experiência com os carros de Fórmula 1, mostrou ser capaz de pilotar pelo time e quem sabe levantar bons pontos para a Aston Martin.





Comments


bottom of page