top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

FIA bate o martelo e proíbe manifestações políticas que não possuam aprovação prévia

O novo artigo do Código Desportivo Internacional bane protestos que sejam feitos pelos pilotos sem a permissão da entidade.


Por: Mel Ribeiro, Setorista.


Foto: Reprodução/AutoSport

Nesta terça-feira (20), a FIA divulgou uma atualização do CDI (Código Desportivo Internacional) que abarca todos os seus campeonatos e pilotos. A mesma indica a proibição da realização de manifestações ou comentários "políticos, religiosos ou pessoais" considerados não-neutros sem aprovação prévia.


O novo Artigo 12.2.1.n diz que "os pilotos terão cometido uma infração das regras se mostrarem comentários políticos, religiosos e pessoais notavelmente em violação ao princípio geral de neutralidade promovido pela FIA em seus Estatutos, exceto se aprovado previamente pela FIA para Competições Internacionais, ou pela Confederação para Competições Nacionais em sua jurisdição."


Vale relembrar que, alguns meses atrás, Mohammed Ben Sulayem - presidente da FIA - criticou Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Lando Norris pelo seu posicionamento nos GPs a respeito de assuntos controversos.

Kommentare


bottom of page