top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Fim da linha: McLaren anuncia que Ricciardo deixará a equipe no fim do ano

Nesta quarta-feira (24), tanto a equipe quanto o piloto informaram em suas redes sociais o encerramento prematuro do contrato que os unia.


Por: Mel Ribeiro, Setorista.


Foto: Reprodução/Marco Canoniero/Getty Images

Embora a notícia não seja uma surpresa - já que os rumores envolvendo Piastri na McLaren soam cada vez mais fortes - não tira o sabor amargo que ficou na boca de alguns. Segundo informado nas redes pelos protagonistas, o australiano e a equipe inglesa concordaram em terminar o vínculo.


Sendo assim, Ricciardo está dentro de uma corrida contra o tempo para definir o seu futuro na categoria. Com a Alpine possuindo uma vaga ainda em aberto e com Mick Schumacher andando na corda bamba em seu time, possibilidades existem para Daniel. Porém, ao mesmo tempo, existe a dúvida de se ele continuará na Fórmula 1 ou tentará criar um caminho em outra categoria.


O piloto chegou na McLaren na temporada passada tendo um contrato de três anos. Contudo, quem teria a "última palavra" a respeito do seu último ano seria ele e não a equipe. Entretanto, a parceria entre Daniel e o time não rendeu os frutos esperados, sendo este o principal motivo da saída.


Embora Ricciardo tenha vencido em Monza em 2021 acabando com o jejum de vitórias da McLaren, não foi suficiente para que o time de Woking o mantenha como segundo piloto. A falta de rendimento na pista e de pontos no campeonato acabaram pesando mais na balança.


Confira a nota emitida pela equipe via Instagram:


"A McLaren Racing e Daniel Ricciardo concordaram mutuamente que Daniel deixará a equipe no final da temporada de 2022. A equipe agradece a Daniel por sua dedicação e contribuição, incluindo aquela memorável vitória em Monza. Estamos ansiosos para terminar a temporada fortemente juntos."

Por outro lado, o australiano se pronunciou através de um vídeo também postado no Instagram:


"Queria compartilhar uma notícia com vocês, não é algo legal, mas 2022 será meu último ano com a McLaren. Obviamente nos esforçamos muito em ambos os lados, mas infelizmente não funcionou como queríamos, então a equipe optou por fazer uma mudança para o próximo ano. Tivemos muitas conversas, mas acordamos mutuamente que seria o melhor para ambos. Continuarei até o fim do ano dando o meu melhor. Para o futuro não sei ainda, mas veremos. Olho para esse tempo na McLaren com um sorriso. Aprendi muito sobre mim, coisas que me ajudarão na vida e nos próximos passos. Do ponto de vista dos resultados, não consegui o que queria, alguns finais de semana foram difíceis, mas tenho várias lembranças felizes desse período, como Monza."

Se bem esta saída dá "passe livre" para que Oscar Piastri finalmente seja parte da McLaren, o caso entre ele e a Alpine ainda não está encerrado. Enquanto o jovem piloto e a equipe inglesa possuem um acordo, os franceses insistem que o seu contrato ainda tem validade - o que impossibilitaria Oscar de correr em outro time.

Commentaires


bottom of page