top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

George Russell e Interlagos: A história começa a ser escrita

Depois de muitos altos e baixos com um carro instável como o W13, o britânico conquistou sua primeira vitória oficial na Fórmula 1 em Interlagos.


Por: Anne Aguiar, Setorista.


Foto: Divulgação/George Russell/Twitter

Russell já passou por algumas bases como a F2 - a qual serve como acesso à F1 - mostrando potencial para chegar até a maior categoria do automobilismo mundial ainda com 21 anos. Hoje, aos 24, conquistou sua primeira vitória e reafirmou ser um jovem talento em ascensão, ao lado de uma equipe oito vezes campeã.


O piloto chegou em um ano complicado para a Mercedes, visto que o carro não entregou o que todos esperavam. Porém, isso não o impediu de realizar seu grande sonho, o mesmo que em 2020 - por um erro do time - não foi concretizado. No entanto, parece que já estava escrito: a temporada 2022 do britânico mostrou ainda mais que, com um carro competitivo, ele conseguirá alcançar grandes resultados para a escuderia. No decorrer do ano, George esteve poucas vezes fora dos cinco primeiros colocados e conseguiu mostrar serviço apesar de ter um monoposto nada favorável.


Já no Brasil, o final de semana de Russell começou forte e com ritmo, dando esperanças para os mercedistas de que poderia brigar lá em cima. Ainda na sexta-feira (11), ele bateu na classificação e mesmo assim levou o P3 para a corrida sprint. Em dita corrida, "Jorjão" conquistou a vitória que lhe deu a chance de largar na pole position, além de ter somado oito pontos no Mundial de Pilotos.


Se o sábado (12) tinha sido de conquistas, o domingo (13) tinha tudo para ser ainda mais especial. O britânico fez não só uma grande largada, como também duas relargadas que o deixaram sempre na primeira posição. Sendo assim, com um desempenho impecável, não teve jeito e ele conquistou sua primeira vitória histórica em um ano em que a equipe teve que superar inúmeras dificuldades para que seus pilotos tivessem chances de brigar pelas primeiras posições. Entretanto, as emoções não acabaram por aí, já que o número 63 teve ao seu lado no pódio o seu companheiro de equipe Lewis Hamilton - de quem ele já comentou ter orgulho de ser parceiro além de ser uma das suas inspirações no mundo do esporte a motor - tornando o final de semana em solo brasileiro ainda mais inesquecível.


Foto: Divulgação/George Russell/Instagram



Comments


bottom of page