top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

GP Da Bélgica do ponto de vista da Alfa Romeo

O que aconteceu em Spa? Um recap da corrida do ponto de vista da equipe e declarações do time explicam o ocorrido.


Por: Isabelle Peixoto, Setorista.


Foto: Divulgação/Alfa Romeo Orlen

A primeira corrida após o Summer Break ocorreu no último domingo (28) em Spa-Francorchamps, na Bélgica, onde a Alfa Romeo infelizmente não conseguiu um bom desempenho por diversos fatores.


O Grande Prêmio deu início com uma chuva de penalizações para vários pilotos por conta de trocas nos elementos das unidades de potência. De acordo com regulamento, aqueles que ultrapassam o limite de trocas permitidas por temporada são punidos com a perda de posições no grid. Sendo parte do grupo que recebeu penalidade tivemos a Max Verstappen, Charles Leclerc, Lando Norris, Esteban Ocon, Mick

Schumacher, Zhou Guanyu e Valtteri Bottas. Logo, os pilotos da Alfa tiveram modificações em seus carros. Diferente de todos os seus colegas, a troca de motor de Bottas lhe custou apenas 15 posições. Já Zhou e o restante dos pilotos tiveram suas posições definidas de acordo com os tempos de volta obtidos por eles na classificação.


No domingo de corrida, os problemas apresentados pelo carro de Gasly antes da largada fizeram com que todos os pilotos ganhassem novas colocações e, por conta disso, Guanyu largou em 18° lugar e Bottas em 13°. Contudo, logo no início da corrida, Valtteri acabou sendo atingido pelo carro de Latifi e foi obrigado a abandonar a prova no dia de seu aniversário. O chinês continuou correndo e, apesar de ter largado do fim do grid e tentado escalar o pelotão, não teve êxito e ficou fora da zona de pontuação. Sendo assim, Zhou Guanyu finalizou o GP em 14° lugar.


Após o fim da etapa, os dois pilotos e o chefe da equipe, Frédéric Vasseur, deram algumas declarações e analisaram os resultados finais.


“A equipe fez um bom trabalho, dadas as circunstâncias. Infelizmente, isso não foi suficiente para um ponto hoje. Sabíamos que, tomando penalizações com os dois carros, teríamos um fim de semana complicado, mas podemos nos encorajar com o ritmo que mostramos”, afirmou Vasseur.

Por outro lado, o número #77 do grid disse:


“Tínhamos ritmo hoje e, com um grid tão confuso, existiam grandes oportunidades para obter um bom resultado, por isso foi decepcionante terminar a minha corrida tão cedo."

“Espero que nas próximas corridas possamos largar melhor no grid e conseguir bons resultados, o ritmo estava muito bom hoje e, apesar de ter largado de trás por causa da penalização, a corrida foi bastante emocionante, com muita ação”, acrescentou Zhou.

É com essas manifestações que criamos expectativas e esperamos que no próximo GP - que será disputado este final de semana na Holanda - a Alfa Romeo possa mostrar todo o seu potencial para brigar por pontos no campeonato.

Commenti


bottom of page