top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

"Isso não nos impede de fazer o que fazemos", diz Hamilton em relação ao ativismo dos pilotos

Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Lando Norris foram recentemente criticados por Mohammed Ben Sulayem, o atual presidente da FIA, por conta do seu envolvimento em causas sociais.


Foto: Divulgação/Mercedes AMG F1

Em entrevista ao GrandPrix247, Ben Sulayem disse que ele nunca usaria seu lugar na FIA para

"impor suas crenças" e que "Niki Lauda e Alain Prost só se preocupavam em guiar. Agora, Vettel pedala numa bicicleta de arco-íris, Lewis é apaixonado pela questão dos direitos humanos e Norris fala de saúde mental." Tais comentários não caíram nas graças do público e, em Baku, o heptacampeão foi questionado ao respeito do dito pelo presidente.


"Isso não nos impede de fazer o que fazemos. O esporte segue crescendo. Temos um público como nunca tivemos, continua sendo uma plataforma importante para usarmos nossas vozes. Cada um de nós aqui, dentro de nossa indústria, nossas companhias, pode fazer mais para falarmos mais sobre coisas que podem desencadear em mais discussões. Está se movendo em um ritmo muito lento, precisamos de mais pessoas usando suas plataformas. Eu encorajo todos os pilotos a serem mais francos no futuro sobre as coisas com as quais se importam. Tenho orgulho de ver o que o Seb faz e serei um parceiro dele."

Por outro lado, na capa da revista Attitude Sebastian Vettel elogiou as atitudes e os esforços tanto do piloto da Mercedes quanto de Norris.


"Os tópicos que Lewis continua a levantar, as questões que Lando tem falado e as coisas que venho mencionando, acredito que são temas muito importantes a serem abordados e eles são maiores do que nós, maiores do que um esporte pode ser. É importante mencionar isso, expressar e conscientizar as pessoas de que ainda há muitas coisas em que podemos melhorar."

Comments


bottom of page