top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Leclerc fala sobre problemas com aquecimento de pneus e Sainz acredita na vitória neste domingo

Em entrevista realizada após a classificação, os pilotos da Ferrari falaram sobre o qualificatório e a expectativa para a corrida.


Por: Maria Eduarda Lima, Setorista.


Foto: Divulgação/Scuderia Ferrari

O Treino Livre 3 foi disputado em pista molhada, ao contrário da classificação que foi numa pista seca - a temperatura não passou dos 30 graus. Devido a isto, alguns pilotos tiveram dificuldade para aquecer os pneus, como foi o caso do monegasco da Ferrari.


Leclerc disse que teve muita inconsistência em colocar a temperatura certa nos compostos para eles funcionarem como esperado. Além disso, o piloto também comentou que teve problemas para fazer uma volta perfeita. No entanto, o vice-líder do campeonato acredita que a Ferrari pode vencer amanhã.


"Eu estou bem certo que nós temos o ritmo no carro para estar um pouco mais a frente amanhã. Então vamos focar nisso e esperar que tenhamos um domingo melhor."

O monegasco também comentou a respeito da intervenção e estratégia da Ferrari amanhã, dizendo que “nada de especial” é necessário.


"Honestamente, no final, precisamos apenas fazer o melhor trabalho possível. Então, nós devemos nos concentrar em nós mesmos. Acho que não precisa de nada lá, nós obviamente não devemos correr nenhum risco entre os carros. Mas isso é normal, então, não acho que nada de especial seja necessário para amanhã."

“Max está largando em 10º, então pode levar um pouco mais de voltas para voltar à frente, mas vamos nos concentrar em nós mesmos e tentar vencer a corrida”, acrescentou Charles.

O espanhol Carlos Sainz também falou sobre a corrida de amanhã e o aquecimento de pneus. O piloto acredita que, um bom gerenciamento dos compostos e uma excelente largada, serão fundamentais para que a equipe faça uma boa corrida. Ademais, Carlos comentou um pouco a respeito do ritmo da Mercedes.


"O ritmo da Mercedes é um pouco desconhecido e nós teremos que ver como será na corrida amanhã. Se nós conseguirmos ultrapassá-los no começo será melhor. Eu acho que vai ser uma corrida emocionante."

“Amanhã nosso objetivo é vencer a corrida, [não estamos] muito focados onde Max está porque sabemos que, se queremos cortar pontos no campeonato, a maneira mais fácil de fazer isso é vencendo. Independentemente de onde Max esteja, queremos ir para a vitória", finalizou o espanhol.

A corrida de amanhã promete. As Ferraris vão querer atacar a Mercedes de George Russell já na largada, enquanto Verstappen terá que escalar meio pelotão para chegar nos três primeiros. A equipe italiana espera somar o máximo de pontos amanhã (44 no total) para se aproximar da Red Bull e ir ao Summer Break um pouco mais relaxada em relação ao Campeonato de Construtores.


Commenti


bottom of page