top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Monegasco da Ferrari alerta sobre a disputa interna na equipe: “Não podemos nos dar o luxo”

Segundo o piloto, nas condições para a corrida de domingo não pode haver a possibilidade de uma disputa e diz que eles têm que focar em atacar Verstappen.


Por: Maria Eduarda Lima, Setorista.


Foto: Divulgação/Scuderia Ferrari

Max Verstappen conquistou a vitória na Sprint Race deste sábado (09), após abrir vantagem sobre Leclerc e Sainz - os qual escolheram disputar posição entre si. Para o piloto monegasco, isso não pode acontecer na corrida de amanhã e ver novamente Verstappen se distanciar já nas primeiras voltas, com pequenas

margens fazendo uma diferença crescer entre Red Bull e Ferrari.


"Amanhã teremos uma longa corrida e o gerenciamento de pneus será um pouco mais importante do que hoje. Então, provavelmente amanhã não poderemos nos dar o luxo de fazer o que fizemos hoje."

Leclerc foi questionado se a disputa com o seu companheiro lhe custou o P1 e ele respondeu:


"Se isso era suficiente para conseguir a vitória? Eu acho que não porque Max passou a gerenciar os pneus assim que conseguiu a diferença (de tempo). Então, nunca saberemos o que poderia ter acontecido."

Quando indagado a respeito do assunto, Sainz comentou:


"Acredito que hoje não tínhamos muito a perder, ou a ganhar, dessa luta. Estamos falando de um ponto a mais ou a menos, porque na Sprint não há muitos pontos em jogo. E além disso, Max pareceu estar no controle da corrida. Então, basicamente, não perdemos nada."

Os dois pilotos deixaram bem claro que a decisão de brigar ou não cabia ao chefe de equipe, Mattia Binotto. Perguntado se há necessidade de ter linhas de batalhas definidas, o monegasco

acrescentou:


"Sim, eu não conheço as regras de combate. Obviamente, não é nenhum de nós quem decide. Será Mattia."

Por outro lado, o espanhol comentou:


"Mattia e o time vão decidir, mas não é como se tivéssemos perdido muito e não parecia que Max estava entrando em pânico com o ritmo à frente da corrida. Mas, sim. Precisamos ter certeza de que estaremos perto no começo e no fim do stint. Acho que é isso que precisamos tentar fazer amanhã."

Comments


bottom of page