top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Novela Piastri causa demissão na Alpine

Benedicte Mercer estava diretamente envolvida nos contratos de pilotos dentro da equipe, incluindo o vínculo com o australiano.


Por: Carla Zapelini, Setorista.


Foto: Divulgação/Oscar Piastri/Twitter

Alguns meses após a polêmica gerada dentro do time de Enstone, o clima para alguns funcionários não ficou favorável, resultando num adeus da chefe de assuntos jurídicos da escuderia.


Com a saída de Fernando Alonso - que em 2023 estará na Aston Martin -, Oscar foi anunciado como substituto do espanhol. Não demorou muito para que o australiano desmentisse o comunicado, pois ele havia assinado contrato com a equipe britânica McLaren. Em um time, não devem existir dúvidas a respeito da validade dos contratos dos funcionários e não deve acontecer que um piloto e uma escuderia tenham leituras completamente diferentes sobre o conteúdo do vínculo. Portanto, não é de surpreender que alguém do departamento jurídico fosse responsabilizado. Neste caso, Benedicte Mercer foi considerada responsável, provocando a sua demissão.


Como a Alpine está oficialmente registrada na Inglaterra, deve cumprir as leis do Reino Unido, incluindo a obrigação de relatar mudanças na administração à Companies House. Esses registros mostram que Mercer foi demitida em 08 de novembro de 2022.

Comments


bottom of page