top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Red Bull fecha a primeira fila na classificação em Abu Dhabi

Depois de um final de semana conturbado no Brasil, o time austríaco terá seus dois pilotos largando nas primeiras posições após marcarem os melhores tempos no qualifying com direito a trabalho em equipe.


Por: Alini Chaves, Setorista.


Foto: Reprodução/Red Bull Content Pool

Neste sábado (19), Max Verstappen conquistou a sua sétima pole position no ano, a última da temporada de 2022, no circuito de Yas Marina. Além disso, seu companheiro de equipe, Sergio Pérez, marcou o segundo melhor tempo da classificação e largará lado a lado com o holandês. Com isso, a Red Bull terá os seus dois pilotos largando nas primeiras colocações em uma mesma corrida, feito que não acontece desde 2018.


Em um TL1 marcado pela presença de pilotos não-titulares, Verstappen - como prevê o regulamento - cedeu o seu carro para o jovem da Academia Red Bull, Liam Lawson, e não marcou tempo. Já Pérez - que luta diretamente pelo vice-campeonato com Charles Leclerc - correu normalmente durante o treino, finalizando-o em quarto lugar.


Com o seu carro de volta para o TL2, o bicampeão mundial foi dominante durante a sessão e marcou o tempo mais rápido. Já o seu companheiro de equipe não conseguiu manter a mesma performance e ficou apenas com o quinto tempo.


Mas se as coisas não pareciam estar indo bem para o mexicano durante as duas sessões de sexta, o sábado de TL3 foi diferente. Com o tempo de 01min24s982, Checo Pérez foi o mais rápido do terceiro treino, ficando 0s152 à frente de Max Verstappen.


Na classificação, o holandês saiu para o Q1 apenas nos 10 minutos finais assumindo a primeira posição com o tempo de 1min24s754, tendo a Pérez logo atrás a 0s066 do companheiro. Já no Q2, durante sua volta rápida, Max reclamou de falta de aderência em seus pneus, porém ainda assim conseguiu passar para o Q3 - com o terceiro melhor tempo - ao igual que Checo.


Com as luzes verdes para o início do Q3, o mexicano, que vinha em volta rápida, acabou errando e isso lhe custou a pole provisória. Já o atual campeão mundial, quem detinha a primeira colocação naquele momento, foi o único a conseguir andar a menos de 1m24s, assim sendo o mais rápido da classificação e conquistando a sua 20º pole na carreira.


Ainda durante o Q3, Verstappen e Pérez trabalharam em equipe para garantir que a primeira fila fosse da RBR. O holandês deu o vácuo para que o companheiro melhorasse a sua marca, o que resultou no segundo melhor tempo para Sergio.


“Não poderia ter sido melhor hoje. O vácuo funcionou bem, pois conseguimos fechar a primeira fila. Nós fomos lá e fizemos a nossa coisa. Como equipe, tivemos uma classificação quase perfeita e estamos muito animados para amanhã”, disse Max.

Verstappen ainda falou sobre a importância do trabalho em conjunto para que Sergio Pérez termine na frente de Charles Leclerc no Campeonato de Pilotos e que aprenderam com os erros no Brasil.


“O mais importante é que Checo fique à frente de Charles, então faremos o que pudermos para que isso aconteça. Eu acho que nosso carro é rápido, mas há um grande ponto de interrogação em torno das outras equipes e quanto desempenho de longo prazo eles ganharam da noite para o dia. Cometemos alguns erros no Brasil, eu acho, mas aprendemos com isso e estamos de volta onde deveríamos estar”, pontuou o atual campeão mundial.

Pérez se mostrou satisfeito com o resultado da classificação e disse que a equipe se colocou em uma ótima posição para a corrida. O piloto também fez questão de frisar o trabalho coletivo durante a sessão.


"É um ótimo resultado de equipe para todos em casa e aqui em Abu Dhabi, estamos na melhor posição para terminar o trabalho e obter esse resultado amanhã. Certamente foi um bom trabalho em equipe com Max hoje, foi importante obter os dois carros o mais alto possível para a corrida. Meu Q1 e Q2 pareciam fortes e eu esperava mais, mas o Q3 não foi o ideal, especialmente nossa primeira corrida. Isso nos colocou um pouco atrás e no final, não foi bom o suficiente para o P1. Temos uma corrida muito longa pela frente, então precisamos terminar o trabalho amanhã e entregar um grande resultado para a equipe", falou o mexicano.

O chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner, também se mostrou muito satisfeito com o resultado de seu time, mas afirmou que o foco é garantir o segundo lugar para Pérez.


"Foi uma ótima qualificação da equipe, nossa primeira fila do ano e a primeira desde 2018. Estamos tremendamente felizes com o desempenho, pois nos dá a oportunidade de terminar nossa temporada de maior sucesso da melhor maneira possível. Max garantiu a 20ª pole position de sua carreira com uma excelente volta na última volta. Além disso, ele deu a Checo o vácuo no segundo setor para ajudá-lo a garantir a segunda vaga no grid - fechando a primeira linha para a equipe. Não poderíamos ter um sábado melhor, mas ainda há muito a fazer. Agora devemos focar em converter isso no melhor resultado possível amanhã, garantindo o 2º lugar no Campeonato para Checo”, concluiu o britânico.

Vale lembrar que a Red Bull já garantiu os dois campeonatos - Construtores e Pilotos com Max Verstappen - e agora segue em busca de um feito inédito para a equipe: conquistar também o segundo lugar no Mundial de Pilotos no mesmo ano que ambos títulos.










bottom of page