top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Saída de Vandoorne pode abrir porta para Ricciardo e fechar para Schumacher

Com o recente anúncio de que o campeão da Fórmula E tornou-se o novo piloto reserva da Aston Martin, a possibilidade do australiano ir para a Mercedes e Hulkenberg ocupar o lugar do alemão na Haas ganhou ainda mais força.


Por: Mel Ribeiro, Setorista.


Foto: Reprodução/DH Les Sports

Stoffel Vandoorne, o atual campeão da Fórmula E e ex-Fórmula 1 - tendo passado pela McLaren entre 2016 e 2018 -, foi anunciado na última terça-feira (01) como o novo piloto reserva e de testes da Aston Martin, juntando-se a Felipe Drugovich.


Até o anúncio, o belga ocupava esse lugar na Mercedes. A equipe alemã, aliás, perdeu os seus dois pilotos reservas para 2023, visto que Nyck de Vries está de saída para a AlphaTauri. Sendo assim, os rumores que já ocupavam o paddock há um bom tempo ganharam ainda mais repercussão: Daniel Ricciardo, fora do time de Woking na próxima temporada, estaria cada vez mais próximo de assinar com a Mercedes para tornar-se o novo reserva. Contudo, tanto o australiano quanto a escuderia negam que um acordo já esteja fechado.


Porém, se por um lado a saída de Vandoorne pode "favorecer" Ricciardo, ao mesmo tempo pode complicar - ainda mais - a permanência de Mick Schumacher na categoria. O lugar que atualmente ocupa o brasileiro Drugovich e que prontamente ocupará Stoffel era antigamente de Nico Hulkenberg, nome fortemente relacionado à Haas para ser a dupla de Kevin Magnussen no ano que vem.


Restando apenas duas corridas para o fim oficial do campeonato, ainda há equipes (como a Williams e Haas) que precisam decidir as suas duplas para 2023.


Comments


bottom of page