top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Schumacher perde a vaga na Haas para Hülkenberg

A equipe anunciou que Nico será o segundo piloto e companheiro de Magnussen para a temporada 2023. Depois de todo o mistério envolvendo essa decisão, o time americano terá dois pilotos experientes no grid.


Por: Giselly Horta, Setorista.


Foto: Reprodução/Getty Images

A novela chegou ao fim. Na madrugada desta quinta-feira (17), a Haas anunciou que Nico Hülkenberg

guiará o segundo carro da equipe no próximo ano.


O alemão não tem assento na Fórmula 1 desde 2019, quando defendia a Renault. Mas, durante esses anos, o veterano atuou como reserva e fez algumas provas substituindo pilotos, principalmente durante a pandemia.


A escolha do time de ter mais um piloto experiente é coerente com o momento que sofre financeiramente. Nas últimas duas temporadas a Haas teve um grande desafio com os novatos, visto que tanto Schumacher quanto Mazepin eram inconsistentes e acabavam gerando muitos acidentes.


Ter duas pessoas experientes para 2023 mostra que a escuderia americana está buscando novas possibilidades e arriscando menos. Neste momento contam com um novo patrocinador máster, tendo a necessidade de fazer o projeto ser eficiente.


Por outro lado temos Mick Schumacher, que chegou à Haas em 2020 após ser vencedor na F2 e grande promessa no esporte. Depois dessas duas temporadas no time, Schumacher ficou conhecido pelos seus altos e baixos. Teve o sexto lugar como melhor resultado e conseguiu pontuar principalmente na metade do campeonato, mostrando um pouco daquilo que era o esperado.


A equipe comunicou a demissão para o piloto durante o GP de São Paulo e, em anúncio feito nas redes sociais, o jovem alemão disse estar desapontado com a decisão de não renovar o seu contrato.


Porém, Mick também deixou claro que seu lugar é na Fórmula 1 e que não irá desistir. Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, até chegou a dizer que o lugar do jovem é no time alemão assim como foi o de Michael Schumacher, que iniciou e terminou a carreira ali.

Comments


bottom of page