top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Sequência negativa da AlphaTauri aumenta e equipe obtém o maior jejum da década na F1

Após cinco GPs sem pontuar, maior jejum de pontos na Fórmula 1 desde 2012, a equipe italiana tem apenas 27 pontos no campeonato de construtores e vê queda no desempenho.


Por: Júlia Arruda, Setorista.


Foto: Divulgação/AlphaTauri F1

O Grande Prêmio da Hungria foi mais uma decepção para a AlphaTauri, que não obteve um bom resultado com seus pilotos. Yuki Tsunoda terminou em 19°, levando duas voltas do líder e vencedor Max Verstappen. Já Pierre Gasly largou do pit lane devido a uma troca de peças no motor e fez uma corrida de recuperação, mas ainda assim ficou fora da zona de pontuação, chegando em 12°.


Hungria, França, Áustria, Inglaterra e Canadá. Já são 5 finais de semana que a equipe não soma pontos, e tal jejum negativo não acontecia desde 2012. Na época, a equipe ainda tinha o nome de Toro Rosso e seus pilotos eram Daniel Ricciardo e o estreante Jean-Éric Vergne. A equipe marcou apenas 26 pontos em 20 corridas, ficando em 9º lugar no Mundial de Construtores. A partir daí, a equipe marcava presença na zona de pontuação, e brigava com o pelotão no grid. Eram raros os finais de semana em que a equipe tinha um desempenho negativo, sem pontuar com seus pilotos.


Mesmo com os resultados negativos, a AlphaTauri olha com esperança para o futuro de seus pilotos e espera melhorar rapidamente para o resto da temporada 2022.


“Pierre teve um desempenho forte na corrida, começando do pit lane, usando bem os pneus macios e médios para chegar em 12º. Infelizmente, Yuki teve uma corrida mais difícil, sofrendo com a aderência e com o equilíbrio em todos os stints e geralmente ficando infeliz com o carro”, disse Jody Egginton, diretor técnico do time.

Na França, a equipe trouxe atualizações no AT03 para as próximas corridas, mas não obteve melhora. Agora, utilizarão as férias para analisar cada detalhe dos carros, trabalhando em upgrades positivos para o final de agosto, em Spa-Francorchamps.


“É igualmente importante o quanto aprendemos sobre as atualizações aqui que, combinadas com as próximas atualizações, esperamos que possam nos ajudar a dar um passo à frente. Temos agora uma semana de volta à base concentrados em analisarmos este evento e a preparação para o próximo Grande Prêmio antes que todo mundo vá para um merecido descanso, antes da segunda metade da temporada”, finalizou Egginton.


Comentarios


bottom of page