top of page
  • Foto do escritorBatom Na Pista

Com direito a Grand Chelem, Verstappen vence o GP do Bahrein

Na primeira corrida do ano, o tricampeão holandês liderou de ponta a ponta em dobradinha da Red Bull.


Por: Júlia Arruda, Setorista.


Foto: Reprodução/Globo Esporte


A temporada 2024 da Fórmula 1 começou com uma dominância nada surpreendente: Red Bull no topo. Excepcionalmente nas duas primeiras corridas do calendário, realizadas na Arábia Saudita, os treinos livres são feitos na quinta, o treino classificatório na sexta e a corrida no sábado devido ao Ramadã, período sagrado dos mulçumanos. Mesmo com as mudanças nos dias, o que não mudou foi o desempenho da atual campeã de construtores. 


Nos treinos livres, as equipes que se mantiveram no topo foram Mercedes e Ferrari, o que poderia ser um indício de que esse ano a briga pelo título pudesse ser mais equilibrada. Porém, a RBR silenciosa não era um sinal de derrota, e sim de estratégia. Quando perguntado sobre o desempenho da equipe nos treinos livres, Max Verstappen disse que “ventava muito nesse fim de semana e foi mais difícil ajustar o equilíbrio do carro”. Mas quem conhece o holandês, sabia que aquilo era só o começo.


Já no treino classificatório de sexta, o então silêncio da Red Bull foi substituído pelo ronco dos motores potentes que, nas mãos do tricampeão holandês, chegaram até a posição mais desejada do grid. Com 1m29s179, Verstappen superou o desempenho de Leclerc e Russell, que chegavam fortes para a briga após boas voltas no Q1 e Q2, e garantiu a pole position em Sakhir, a 33ª de sua carreira. 


Mostrando que permanece praticamente imbatível, Max coroou o final de semana com a tão desejada vitória na corrida de sábado e o 5° Grand Chelem de sua carreira: ganhou a corrida liderando de ponta a ponta, e anotou a volta mais rápida. Sérgio Perez, seu companheiro de equipe, fez uma corrida de recuperação largando em quinto lugar e terminando em segundo. Porém, apesar do ótimo desempenho do mexicano, não foi o suficiente para superar sua dupla. O terceiro lugar do pódio foi para Carlos Sainz, que apesar de estar de saída da Ferrari, desempenhou bons resultados pela escuderia italiana. 


Essa foi a 55ª vitória da carreira de Verstappen e a 8ª consecutiva, contando as últimas corridas de 2023. Agora, Max lidera o campeonato de pilotos com 26 pontos, seguido por Pérez com 18 e Sainz com 15. No campeonato de construtores, a RBR sai na frente com 44 pontos, e logo atrás a Ferrari com 27. Na entrevista pós-corrida, o holandês comemorou o resultado impecável do final de semana:


“Inacreditável. Acho que hoje foi ainda melhor do que o esperado. O carro estava muito bom em todos os compostos, foi realmente ótimo de dirigir. Foi muito divertido, me senti muito bem no carro. É especial ter dias assim, onde tudo parece perfeito e você se sente um só com o carro. É uma temporada longa. Alguns dias de descanso e sim, vamos de novo!”


Comments


bottom of page